O que é a Contaminação Cruzada e como evitar que ela aconteça no seu estabelecimento?

A limpeza dos ambientes tem sido cada vez mais constante e necessária, especialmente neste período de crise sanitária. Entretanto, mesmo em meio à limpeza e cuidado do dia a dia, algumas coisas podem passar despercebidas permitindo a contaminação cruzada, que é transferência de bactérias ou outros microrganismos de uma substância ou produto para outra.

A contaminação cruzada mais comum é a alimentícia. De acordo com a Anvisa, a cada ano, cerca de 600 milhões de pessoas em todo o mundo sofrem de doenças transmitidas por alimentos. Mesmo existindo ainda diversas outras causas para a contaminação, as transmissões de doenças por alimentos são as mais comuns.

É possível prevenir a contaminação cruzada com algumas ações bastante simples, mas que fazem total diferença tanto para o estabelecimento quanto para o colaborador e, também, para quem consome os alimentos ou refeições.

Pensando na organização e cuidado com seus processos, separamos 5 dicas especiais para você colocar em prática no seu negócio. Acompanhe:

  1. Programação de limpeza e higiene básica

Prevenir diariamente é um passo para evitar a contaminação. Ações pequenas podem fazer total diferença, como lavar as mãos várias vezes ao dia; se usar luvas descartáveis, trocá-las constantemente; prender os cabelos e usar toucas descartáveis são algumas delas.

A programação da limpeza diária e da limpeza semanal também é uma fórmula de sucesso para garantir a melhor higiene. A equipe de limpeza precisar receber o treinamento e ter à disposição os materiais e equipamentos corretos para executar a limpeza, a desinfecção e a descontaminação, conforme explicamos anteriormente neste artigo.

  • Equipamentos de lavagem

Utilizar os equipamentos corretos na higienização também ajuda a evitar a contaminação cruzada: Pias para lavagem das mãos separas das pias de lavagem de alimentos, armazenamento de objetos e utensílios nos locais corretos e utilização de produtos e equipamentos de limpeza específicos para que cada lavagem seja efetiva em seus objetivos também ajudam a evitar o problema.

  • Higienização do local

Essa limpeza profunda deve ser feita diariamente. Separe um tempo com a equipe para se dedicar à essa organização, fora da correria do dia a dia. Organize o espaço e a rotina para otimizar o tempo e fiscalizar de perto a qualidade da limpeza.

  • Higienização os alimentos

Como os alimentos são higienizados na sua empresa? Esse processo deve ser feito com cautela e atenção, pois os alimentos são os principais responsáveis pelas contaminações cruzadas. Para essa higienização, é necessário utilizar os produtos certos, conforme citamos no tópico abaixo 👇

  • Utilização de produtos apropriados

Para realizar a higienização é necessário utilizar os produtos certos, como água sanitária e detergente em grande quantidade, entre outros produtos que você encontra aqui no catálogo da MM Primo.

Dica extra: é importante promover a segurança alimentar no seu estabelecimento, também para os clientes. O respeito ao espaço de alimentação alheio, das filas e dos pedidos é importante para não haver aglomerações e interações desnecessárias com os alimentos.

Gostou das nossas dicas? Continue nos acompanhando para mais conteúdos como este e siga-nos em nossas redes sociais!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×