5 motivos para trocar copos plásticos descartáveis tradicionais por opções sustentáveis e biodegradáveis

Recentemente falamos sobre a corrente proibição dos copos plásticos descartáveis, introduzida por uma nova lei no estado de São Paulo que entrará em vigor a partir de 2021. Trouxemos algumas perspectivas e alternativas para quem se viu, de alguma forma, “encurralado” pela decisão legislativa.

Hoje, viemos aprofundar um pouco mais o assunto e responder, de uma vez por todas, por que, com ou sem a proibição, você já deveria começar a mudar a forma de servir bebidas em sua empresa ou comércio.

Confira esses 5 motivos para trocar os copos tradicionais por opções mais sustentáveis:

  1. Não acumulam no meio ambiente

O plástico biodegradável e as fibras de bambu, principais materiais dos novos copos descartáveis, possuem curta vida útil depois de utilizados e têm o poder de ser decompor em poucos meses. Por isso, não acumulam no meio ambiente, não sujam os oceanos e não colocam vidas de animais em risco.

  1. São menos danosos para a natureza

A reciclagem já ajuda a reduzir a quantidade de lixo que vai parar nos aterros sanitários, gerando acúmulo de material desperdiçado e, consequentemente, de recursos naturais explorados. Mas, mesmo a reciclagem não é uma solução totalmente definitiva, pois o processamento do material reciclado necessita de muita energia e água. Os biodegradáveis são a melhor solução nesse sentido, pois retornam a matéria prima à natureza em um curto período e sem trazer consigo substâncias tóxicas.

  1. Cumprem as mesmas funções que os copos de plásticos

Não é por serem biodegradáveis que os copos deixam de ser eficientes ou de cumprir o seu papel. Afinal, estamos falando de materiais com curtíssima vida útil. Os copos biodegradáveis são tão firmes quanto os descartáveis plásticos, que utilizamos, e suportam bebidas nas mesmas condições e temperaturas.

  1. São tão econômicos quanto os descartáveis tradicionais

Se você pensa que, para cuidar do meio ambiente, precisa gastar muito mais, está completamente enganado! Existem soluções perfeitas com excelente custo-benefício. Os copos biodegradáveis da COPOBRAS, por exemplo, têm uma média de preços bem parecida com aqueles de plástico tradicional.

  1. É tendência

As empresas e seus consumidores estão cada vez mais conscientes da importância de buscar soluções mais sustentáveis. E, em pouco tempo, o mercado de descartáveis tradicionais perderá espaço para novas linhas de produtos ecologicamente eficientes. Na cidade de São Paulo mesmo, já foi sancionada a lei que proibirá a venda e utilização dos copos plásticos a partir de 2021. Que tal se conscientizar para os problemas ambientais e andar junto com a evolução?

Está na hora de trocar os copos plásticos descartáveis por opções biodegradáveis

Pois é, não faltam motivos para abandonar os copos de plástico. Novas opções já estão no mercado e cabe a nós entender a necessidade delas.

Vale lembrar que os descartáveis são de uso indispensável para alguns eventos, ocasiões, ambientes e público e, também, como um recurso eficiente para ter sempre na manga. Mas é importante lembrar que as opções não-descartáveis e reutilizáveis continuam sendo mais eficientes para o uso diário.

Pense nisso!

O que achou dessas dicas? Compartilhe conosco suas dúvidas e opiniões! Para mais conteúdos como esse, siga a MM & Primo nas redes sociais e continue acompanhando as novidades do nosso blog. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×