O impacto do plástico na natureza e o desafio da gestão de resíduos poluentes

Impulsionado pela indústria de embalagens, o problema da poluição do plástico na natureza cresceu de forma exponencial, juntamente com os seus diversos usos. Estima-se que a produção em 2.050 chegue a 33 bilhões de toneladas ao ano.

A ONU Meio Ambiente diz que o problema não é o plástico, mas sim como o usamos.

As principais fontes do problema são:

  • O consumidor, que consome embalagens e itens plásticos de maneira indiscriminada e irresponsável;
  • O setor pesqueiro, que abandona redes e materiais de pesca nos mares;
  • A fragilidade da legislação e regulamentações;
  • A gestão inadequada de resíduos sólidos pelas empresas.

Estima-se que, todos os anos, cerca de 8 a 13 milhões de toneladas de plástico cheguem aos oceanos. Entre os materiais mais encontrados nos mares estão canudos, sacolas plásticas, redes de pesca, bitucas de cigarro, tampinhas. De todo o plástico produzido, apenas 9% foi reciclado.

Além do baixo interesse na reciclagem do material, há um agravante relacionado ao comportamento do consumidor. Apesar de reconhecer a importância para o meio ambiente, a prática da separação de materiais e reciclagem ainda não é uma realidade para o brasileiro: 75% não separam materiais recicláveis dos lixos domésticos.

E então quais atitudes podemos adotar no dia a dia para que o consumo de plástico seja reduzido, bem como seu impacto na natureza?

Veja algumas dicas simples:

  1. Carregue sacolas retornáveis: As sacolas de pano são fáceis de manter na bolsa ou na mochila para aquela eventual parada no supermercado na volta pra casa;.
  2. Evite embalagens excessivas nos alimentos: Prefira produtos com pouca embalagem ou compre produtos a granel;.
  3. Use garrafa reutilizável: Tenha sempre na bolsa ou na mesa do escritório uma garrafa de água retornável, assim você não precisará usar copos descartáveis. O mesmo serve para a caneca de café;.
  4. Diga não aos canudos de plástico: Ao pedir uma bebida em algum estabelecimento, rejeite o canudo. Já existem diversos tipos de canudos sustentáveis feitos de bambu ou alumínio, caso você precise deles, e você encontra tudo a respeito aqui mesmo, no blog da MM Primo!.

O engajamento do consumidor, assim como de empresas, fará a diferença no nosso futuro. Faça a sua parte hoje mesmo, diga não ao plástico na natureza.!

One thought on “O impacto do plástico na natureza e o desafio da gestão de resíduos poluentes

  1. Pingback: Semana Mundial do Meio Ambiente: como posso ajudar na preservação do meio ambiente com atitudes simples? – MMPrimo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *